JARDIM DA CASA NA MARINA

Paraty, RJ

Texto Isabel Duprat

Este terreno no litoral do Rio de janeiro, abrindo-se para uma marina, e a casa projetada por Bernardes Arquitetura, tornaram o paisagismo primordial para garantir privacidade sem ocultar os belos pontos de vista para o mar e para a serra. 

​A casa já estava locada a 2 metros do nível da marina e a piscina fazia o limite do terreno utilizável, a partir do qual um talude ocupando aproximadamente 8 metros de largura descia até o nível do mar. Esta posição do talude em relação à casa e à marina tornava difícil fazer esta proteção sem que o fechamento com a vegetação não emparedasse o terreno. 

​O projeto de paisagismo propôs então dois muros em dois níveis no alinhamento da piscina, nas duas faces do terreno voltadas para a marina. Com este recorte nos apropriamos da área que seria ocupada pelo talude criando um passeio entre árvores e coqueiros, adicionados aos já existentes, pontuando o caminho lado a lado, adensando e espaçando a vegetação onde se queria uma maior visão da paisagem e garantindo a privacidade sem sufocar o terreno. 

Na área voltada para a marina foram selecionadas espécies resistentes ao vento, como aroeira, eritrina, ingá, araçá, pitangas de espécies diversas, sofora, etc., e à maresia e no jardim frontal e nos internos, mais protegidos, uma vegetação com uma variedade de espécies completamente diferente, como philodendrons, samambaias, gengibres, ciclantos, etc.

​No platô da casa dois jardins, um se abrindo para a piscina, e outro se fechando para proteger a casa do sol da tarde, permeiam a arquitetura. 

web-PE-300-editada-reduzida.jpg

Área de projeto 3000 m²

Projeto e execução 2013 – 2015

© Isabel Duprat