VALCOTOS
Texto: Isabel Duprat
Fotos: Fernando Guerra

O segundo trabalho na Espanha próximo a Madrid após a experiência de Somosaguas, se por um lado vem junto com a experiência da primeira viagem trazendo maior intimidade com a vegetação e o clima, por outro, o conjunto de situações bastante diverso e a expectativa da segunda viagem te coloca outra matriz do processo criativo e muito mais ainda por se descobrir.

Aqui neste condomínio residencial projetado pelo Studio MK27 os carros vão ter que dividir o espaço com os pedestres em uma única via. Assim que esta era a grande provocação do projeto. A vegetação ocupa o pouco espaço que restou das manobras dos veículos. A projeção do segundo piso das casas avança sobre parte importante destas áreas já reduzidas. O eixo de circulação para onde se voltam as fachadas das casas está orientado no sentido LO, o que faz com que as fachadas voltas para o sul recebam sol e as voltadas para o norte fiquem na sombra. A soma desses fatores dificulta a seleção das plantas, inclusive das árvores, que foram escolhidas de acordo com a tolerância a sol e sombra. Como fazer deste lugar um jardim e não uma via com canteiros laterais era o mais difícil.

Nas duas extremidades do terreno, pequenas praças propiciando uma área de estar com 360 e outra com 550 metros quadrados permitiram que eu me esparramasse um pouco mais. Toda a área a ser plantada tem, no entanto, o privilégio de ser sobre solo natural.

A escolha da arquitetura de fazer toda a circulação sobre pedrisco resolveu sem limites claros esta duplicidade de funções e me deu o trunfo de pensar a vegetação brotando do chão como plantas silvestres que crescessem espontaneamente inclusive na área das praças, o que será melhor percebido ao longo do tempo quando as plantas se sentirem à vontade. Desta forma, juntando as duas extremidades do terreno com os jardins junto às casas, temos a sensação de uma área de vegetação maior. A grama que inicialmente pensei para as praças foi eliminada para reforçar esta sensação. Usei arbustos de folhas perenes na circulação principal para que as pequenas áreas de jardim estivessem verdes inclusive no inverno e o jardim pudesse se mostrar. Flores na primavera e verão e árvores colorindo o outono com suas folhas em matizes de vermelho, contrastando com a cor branca da arquitetura, oferecem uma paleta de cores diferentes a cada estação.

 
 
 
Espanha
lapiseira-set2019-menor.png